PREFEITURA ASSUME GESTÃO DO HOSPITAL GERAL DE RIBEIRÃO

Desde a gestão passada, o Hospital Geral de Ribeirão, na mata sul do estado, está fechado. A unidade é particular, mas estava arrendado a Prefeitura. Na última quarta-feira, o prefeito Marcello Maranhão e o deputado federal licenciado e secretário de Turismo, Esportes e Lazer, Felipe Carreras, foram recebidos em audiência pelo secretário estadual de saúde, Iran Costa. De lá, eles saíram com a garantia de que o Governo de Pernambuco vai desapropriar o hospital e entregar a gestão a Prefeitura de Ribeirão.

Felipe Carreras prometeu retomar o mandato na próxima semana, em Brasília, para buscar recursos para o município. “Estarei me licenciando da atividade de secretário para retomar o mandato parlamentar. Vou apresentar uma emenda no orçamento para reformar a estrutura do hospital”, disse Carreras.

Marcello Maranhão saiu satisfeito da audiência com o secretário. “Estava sendo cobrado o tempo todo pela população. Estou satisfeito com a iniciativa do Governo do Estado em desapropriar a Unidade. Agora, vamos aguardar os recursos para reforma e preparar um modelo de gestão que atenda com satisfação os moradores de Ribeirão”, comemora o prefeito.

Quando assumiu o governo, o prefeito Marcello Maranhão encontrou o hospital fechado. A unidade privada estava sendo gerida por uma Organização Social contratada pela gestão anterior. O Ministério Público de Pernambuco identificou diversas irregularidades e falta de prestação de contas da OS. O Poder Judiciário também não autorizou nenhum pagamento a Organização Social.

Do Blog do Magno.

Comentários

comments