EX-PREFEITO DE AMARAJI, RILDO REIS, É MULTADO PELO TCE POR GESTÃO FISCAL CRÍTICA

O ex-prefeito do município de Amaraji, Rildo Reis, foi sentenciado pela segunda câmara do TCE/PE, ao pagamento de dez mil reais, valor aplicado durante o julgamento do processo N° 20100637-6, pelo Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco. A sentença em desfavor da gestão fiscal do avantista, foi aplicada pelo conselheiro Marcos Loreto, presidente da sessão, acompanhado dos conselheiros Carlos Porto, e da relatora do processo Teresa Duere, e ainda pelo procurador do Ministério Público de Contas, Cristiano Pimentel.

O acordão Nº 885/2021, classifica a gestão fiscal do ex-prefeito Rildo referente ao ano 2018, de convergência e consistência contábil e em nível crítico.

Ainda segunda a sentença, havendo ausência de defesa por parte do ex-prefeito, e várias irregularidades relativas às inconsistências nas Demonstrações Contábeis – orçamentário, financeiro, patrimonial, variações patrimoniais, entre outros. O TCE/PE aplica multa no valor de R$ 10.000,00, prevista no Artigo 73 da Lei Estadual 12.600/04 inciso(s) III , ao(à) Sr(a) Rildo Reis Gouveia, que deverá ser recolhida, no prazo de 15 (quinze) dias do trânsito em julgado desta deliberação, ao Fundo de Aperfeiçoamento Profissional e Reequipamento Técnico do Tribunal, por intermédio de boleto bancário a ser emitido no sítio da internet do Tribunal de Contas.

Confira a íntegra da sessão ordinária
 

 

 

Compartilhe:

Comentários

comments