EM POMBOS, JUSTIÇA ELEITORAL JULGA POSSÍVEIS CANDIDATURAS LARANJAS PELO PDT

A Justiça Eleitoral em Vitória de Santo Antão, na Zona Mata Sul, responsável também pela 102ª Zona Eleitoral da cidade de Pombos, através da juíza Anna Paula Borges, julga uma denúncia de possível fraude no processo eleitoral do município.

Na ação, há um pedido de impugnação de mandato eletivo, realizado pelo  também  candidato a vereador pelo PRTB em Pombos, Washington da Silva Oliveira, conhecido por Washington  Lanches, em desfavor do Partido Democrático Trabalhista – PDT no município, e seus respectivos candidatos na última eleição, que segundo a ação pedida, teria registrado possíveis candidaturas fictícias (candidaturas laranjas), para burlar o quantitativo de cotas. Ainda segundo o entendimento do denunciante, caso a justiça eleitoral julgue procedente a denúncia, ele possa assumir a vaga em aberto.

No documento obtido com exclusividade pelo Amaraji Notícia, a ação de impugnação de mandato eletivo por fraude, mira toda chapa dos candidatos pelo PDT, principalmente o vereador José Roberto Belarmino de Lira (Beto Lanches), eleito com 421 votos no grupo formado pelo partido, e que foi da base do então candidato a prefeito Pedro Monteiro (MDB).

Ainda segundo a denúncia, foram solicitados quatorze registros de candidaturas pelo partido no município, destes, dez homens e quatro mulheres, sendo que no pleito eleitoral, não teria acontecido nenhuma prática de qualquer ato de campanha pelas candidatas.

Verificado por nossa equipe no portal do TSE, uma das candidatas pelo partido, e denunciada pela ação, identificada por Madalena Matildes de Freitas (Madá), sustenta a suspeita que poderia ter havido realmente candidaturas “laranjas”, já que a referida candidata não obteve nem seu próprio voto.

Caso seja confirmada a prática da ilegalidade, o vereador eleito pelo partido corre o risco de ter a diplomação cassada, e o partido e os envolvidos serem penalizados judicialmente pelo crime.

Caso parecido
Um caso recente parecido e por coincidência envolvendo o mesmo partido, aconteceu na cidade de Limoeiro, onde o vereador Jaciel do Parque (PDT), teve seu mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) após decisão da Justiça Eleitoral. A candidata ao pleito nas eleições de 2020 Sandra Maria Barbosa (PDT) foi apontada como laranja e teve sua inelegibilidade declarada por oito anos.

Compartilhe:

Comentários

comments