JUSTIÇA IMPEDE DIPLOMAÇÃO DE PREFEITO E VICE-PREFEITO ELEITOS DE JOAQUIM NABUCO

A Justiça Eleitoral da 38ª Zona Eleitoral de Água Preta, na Mata Sul de Pernambuco, concedeu uma liminar, na ação de investigação judicial eleitoral, ajuizada pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), impedindo a diplomação de Antônio Raimundo Barreto Neto e Eraldo de Melo Veloso, eleitos para os cargos de prefeito e vice-prefeito de Joaquim Nabuco, e do suplente ao cargo de vereador do município, José Luiz de Souza. A decisão foi concedida nesta sexta-feira (18), data em que estava prevista a diplomação.

O promotor eleitoral da 38ª Zona Eleitoral (MPE), Thiago Faria Borges da Cunha, ajuizou a ação em desfavor dos eleitos por atos de distribuição de dinheiro para eleitores, além da doação de outros bens e promessas de vantagens pessoais acompanhadas de pedido de voto.

O caso tornou-se conhecido após a divulgação de vídeo no qual o vice-prefeito eleito joga dinheiro de uma sacada de uma varanda, no domingo de eleições, em 15 de novembro.

Do G1.

Compartilhe:

Comentários

comments