FAMÍLIA DE LULA REPUDIA INFORMAÇÕES SOBRE SEU FALECIMENTO

A família do funcionário público, Luciano da Silva, 48 anos, conhecido por Lula, falecido na noite desta quinta-feira, 19, no Hospital de Amaraji, procurou esta tarde a redação do site Amaraji Notícia para repudiar a forma que alguns profissionais estão conduzindo a informação da notícia de sua morte.

Segundo a família, o laudo inicial dado pelo hospital e entregue no cartório, informa que as causas seriam cardiopatia hipertensiva, que é a situação médica na qual existe uma alteração na estrutura e função do coração como consequência de hipertensão arterial sistêmica, e edema pulmonar que geralmente é causado por uma doença cardíaca.

O que gerou o desconforto, segundo a família teria sido o repasse de informações de forma enganosa dando a entender que havia sido Covid-19. Para tanto, segundo a família, foi liberado o corpo para ser feito o velório em sua residência na Praça da Bandeira, local que Luciano residia, e de onde sairá o enterro para o Cemitério local, às 16h.

Diante dos fatos, a família também repudia a forma como a funerária colocou o corpo no cemitério esta manhã. Pois segundo fotos enviadas pela família e comprovada, o corpo havia sido levado e abandonado na entrada do cemitério.

Ao final de tudo, a família repudia a forma de condução do corpo e o repasse enganoso de informações, e convoca amigos e parentes para comparecer ao enterro de Luciano, que acontece por volta das 16h, desta sexta-feira dia 20.

Compartilhe:

Comentários

comments