AULAS PRESENCIAIS PERMANECEM SUSPENSAS ATÉ 31 DE JULHO EM PERNAMBUCO

O governador Paulo Câmara prorrogou a  suspensão de aulas presenciais em Pernambuco até o dia 31 de julho. O decreto com a medida expirou nesta terça-feira (30), mas foi renovado. Com isso, escolas, faculdades, universidades e instituições de ensino não podem realizar as aulas.

A Secretaria Estadual de Educação informou que “o governo de Pernambuco prorroga a suspensão das atividades presenciais nas instituições de ensino em todo o Estado até o dia 31 de julho. A Secretaria de Educação e Esportes está trabalhando na elaboração de um plano para retomada das atividades presenciais que inclui um protocolo com diretrizes específicas para a Educação, observando todas recomendações pedagógicas e sanitárias”.

Por causa do risco de contaminação do novo coronavírus as aulas presenciais estão suspensas em Pernambuco desde o dia 18 de março.

Compartilhe:

Comentários

comments