HOMEM É PRESO EM CHÃ GRANDE COM 260 MIL CIGARROS CONTRABANDEADOS

Um homem de 52 anos foi preso em flagrante com 260 mil cigarros contrabandeados do Paraguai. O caso, divulgado nesta sexta-feira (13) pela Polícia Federal (PF), aconteceu por volta das 4h da quarta (11), durante fiscalização de rotina em Chã Grande, na Zona da Mata.

Por meio de nota, a PF apontou que o homem, que não teve o nome divulgado, estava transitando em horário suspeito em um Fiat Strada e não obedeceu imediatamente a ordem de parada dos policiais militares para averiguação.

Ao fazerem a busca no carro, os PMs encontraram 13 caixas, contendo em seu interior os 260 mil cigarros contrabandeados do Paraguai, e o prenderam em flagrante. Por ser crime de competência federal, ele foi encaminhado para a sede da PF, no Cais do Apolo, região central do Recife.

Em depoimento, ele relatou aos policiais federais que comprou a mercadoria com diferentes camelôs na Feira da Sulanca, em Caruaru, e que revenderia em barracas no Mercado de São José, na região central do Recife. Ele teria desembolsado R$ 9 mil pela carga para revender por R$ 10,4 mil. Segundo o homem, foi a primeira vez que fez algo do tipo.

Preso em flagrante por contrabando, que é crime de importar ou exportar produtos ilegalmente, ele passou por audiência de custódia e foi liberado após pagar uma fiança de R$ 4 mil. Por contrabando, caso venha a ser condenado, o suspeito pode pegar penas que variam entre dois e cinco anos de reclusão.

Do G1 PE.

Compartilhe:

Comentários

comments