GILSON MACHADO: “É O MOMENTO DE BUSCAR NOVOS CAMINHOS PARA AMPLIAR A PRÁTICA TURÍSTICA NO BRASIL”

O novo presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), autarquia especial do Ministério do Turismo, Gilson Machado Neto, declarou, nesta quinta-feira, 23, que o setor ganhou protagonismo na nova gestão do país. Ele ressaltou, durante cerimônia de sua posse, na sede do Ministério pasta, em Brasília, que há grande necessidade de implementar medidas que transformem a prática turística no Brasil.

“Nesse novo momento, a nossa gestão deve buscar saídas e novos caminhos para ampliar o setor, apostando em segmentos como o turismo náutico, cruzeiros, turismo de contemplação, prática de mergulho, ecoturismo, colocando todo o potencial que temos em prática”, destacou.

A transformação da Embratur em agência é uma das metas dessa gestão. Para Gilson Machado, essa transição dará ao Brasil maior capacidade para trabalhar a promoção internacional, colocando o País em um outro patamar para competir com outros destinos.

A cerimônia pública de posse do novo presidente está marcada para o próximo dia 29, quarta-feira (29), às 18h, na Embratur.

30 anos de dedicação ao turismo

Pernambucano, nascido na capital Recife, Gilson Machado Neto tem 51 anos, é casado há 21 anos, e pai de um filho. Sua formação é em Medicina Veterinária pela Universidade Federal Rural de Pernambuco. Atua há mais de 30 anos no setor turístico, com negócios localizados em São Miguel dos Milagres e Porto de Galinhas. É membro do trade turístico da Rota dos Milagres e do Convention & Visitors Bureau de Maragogi. O novo presidente da autarquia também possui experiência como produtor de eventos e no ramo de radiodifusão, sendo apresentador de um programa voltado para a atividade turística na Região Nordeste. Antes da nomeação na Embratur, Gilson Machado Neto já atuava na administração federal, como secretário de Ecoturismo do Ministério do Meio Ambiente.

Encontro da Hotelaria Nacional
Antes de tomar posse como presidente da Embratur, Gilson Machado participou, nessa quarta, do primeiro evento público à frente da autarquia, o 1º Encontro da Hotelaria Nacional, organizado pela Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados. Na ocasião, representantes do setor turístico brasileiro, em especial a hotelaria, se reuniram para debater temas de interesse do segmento.

“Precisamos tratar o turismo como política de estado e não de governo. O Brasil tem grande potencial, por isso é importante o incentivo à redução da burocracia e modernização para o desenvolvimento do setor”, garantiu.

Compartilhe:

Comentários

comments