CORPO DO CANTOR GABRIEL DINIZ É LIBERADO DO IML EM SERGIPE

O corpo do cantor José Gabriel de Souza Diniz, mais conhecido por Gabriel Diniz foi liberado às 21h desta segunda-feira (27) do Instituto Médico de Sergipe de Sergipe (IML), em Aracaju, com destino a João Pessoa (PB), onde será velado e sepultado nesta terça-feira (28). Ele e os outros dois ocupantes morreram na queda de um avião de pequeno porte no povoado Porto do Mato, em Estância, na região sul do estado, no início da tarde desta segunda-feira.

Os corpos chegaram ao Instituto Médico Legal (IML) às 18h15. O diretor do IML, José Aparecido Cardoso, informou que as três vítimas sofreram politraumatismo. “Todos estavam bem machucados. Trauma torácico, trauma abdominal e várias fraturas”, disse. Gabriel Diniz e os pilotos, Linaldo Xavier e Abraão Farias, foram oficialmente identificados.

O corpo de Gabriel Diniz está previsto para chegar a João Pessoa durante a madrugada desta terça-feira (27), por volta das 3h, segundo informou o pai do cantor, Cizinato Diniz. O translado será feito de Aracaju direto para o Aeroporto Castro Pinto, que fica em Bayeux, na Grande João Pessoa.

O velório de Gabriel acontece a partir das 9h no ginásio “O Ronaldão”, na capital paraibana, e será aberto ao público a partir das 10h. Já o sepultamento está marcado para às 16h em um cemitério da cidade, mas apenas com a presença de amigos e familiares.

Em nota, a produtora de Gabriel Diniz afirmou:

“A Luan Promoções, familiares, fãs, amigos e equipe estão todos muito abalados com está triste notícia que pegou todos de surpresa nessa manhã, 27. Com muito pesar confirmamos a morte do Gabriel Diniz. O cantor estava em um bimotor que caiu no sul do estado de Sergipe no começo dessa tarde. Sua alegria estará para sempre em nossos corações! Não deixaremos perder a sua irreverência jamais, você conquistou uma nação com o seu trabalho e carisma!”.

O cantor tinha apresentações agendadas para esta quarta-feira (29) e esta quinta-feira (30) em São Paulo. Depois, estavam previstos shows em Afrânio (PE), Areia Branca (SE), Salvador e Belém.

Do G1.

Comentários

comments