BENEFICIÁRIOS DO BOLSA FAMÍLIA EM PERNAMBUCO VÃO RECEBER 13º

Todas as famílias beneficiadas pelo Bolsa Família em Pernambuco vão receber uma parcela extra que equivale ao décimo-terceiro do programa. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (8) pelo governo de Pernambuco e o pagamento adicional será no mesmo valor daquele recebido mensalmente, respeitando o limite de R$ 150. Cerca de 1,1 milhão de famílias vão poder usufruir da parcela adicional, que vai atingir 34% da população do estado.

O governo também lançou o programa Nota Fiscal Solidária para que as pessoas possam receber o valor máximo de R$ 150. Para isso, o usuário vai ter que informar o CPF no ato da compra de alimentação ou qualquer material de limpeza, higiene, medicamentos ou vestuário. O percentual de 5% de cada compra será revertido para aumentar o 13º do Bolsa Família.

Em uma situação prática, alguém que recebe R$ 120 mensalmente já tem assegurado o mesmo valor do 13º. Para chegar ao limite de R$ 150, o usuário terá que comprar R$ 1 mil no período de um ano. As famílias que vivem em situação de extrema pobreza já têm o valor máximo assegurado.

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), que prometeu o pagamento do 13º durante a campanha à reeleição, classificou a medida como uma reparação social: “Estamos fazendo uma justiça social, seja pagando o 13º do Bolsa Família, seja devolvendo uma parte do imposto que essas pessoas mais pobres pagam no ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) em forma da nota fiscal solidária” defendeu Câmara.

Do OP9.

Compartilhe:

Comentários

comments