VEREADOR SÉRGIO DO SINDICATO (SD), DENUNCIA IRREGULARIDADES NA SAÚDE DE CHÃ GRANDE

Na última reunião na quarta-feira (17) da Câmara Municipal de Chã Grande, o vereador Sérgio do Sindicato (SD) teceu duras críticas a saúde municipal, inicialmente cobrou esclarecimentos sobre a ausência no repasse do incentivo adicional financeiro dos Agentes Comunitários de Saúde e Endemias. No último dia 09, o vereador solicitou da prefeitura municipal de Chã Grande, através do ofício 01/2018, informações sobre a destinação dos repasses do incentivo adicional financeiro não repassados aos agentes comunitários de saúde e endemias do município. 
 
Cada Agente Comunitário tem o direito do investimento no valor de R$ 1.014,00 e o recurso não pode ser destinado para outra função que não seja em benefício do agente.
 
De acordo com o prefeito Diogo Alexandre (PR), em reunião realizada com a classe desfavorecida no dia de ontem, os recursos foram destinados para complemento da folha e 13º, atitude confirmada e defendida pelo vereador Jorge Luiz (PR), presidente do Legislativo Municipal.
 
Para o vereador Sérgio esse ato foi irregular ” Esse valor ele tem que ser destinado para o agente… ele praticou ato irregular”. Ainda sobre os Agentes de Saúde e de Endemias o vereador concluiu “estamos juntos com vocês nessa luta e o que é de vocês de direito tem que ser repassado”. 
 
O parlamentar cobrou da gestão, esclarecimentos sobre a ausência contínua de medicamentos no Hospital geral Alfredo Alves de Lima, denunciou o descaso com o 
 
Serviço de Atendimento Móvel de Urgência-SAMU que encontra-se com a viatura em manutenção a quase um mês e solicitou dos vereadores presentes visita ao Centro de Atenção Psicossocial-CAPS, fechado a mais de 30 dias.
Compartilhe:

Comentários

comments