GREVE NACIONAL NA EDUCAÇÃO, NOS DIAS 15, 16 E 17 DE MARÇO

O Sintepe adere à Greve Nacional nos dias 15, 16 e 17 de março. A adesão foi aprovada durante a Assembleia Geral da categoria realizada no dia 17 de fevereiro, no Teatro Boa Vista.

Durante os três dias de greve, o Sintepe realizará atividades com o intuito de mobilizar a comunidade escolar em torno das problemáticas que trabalhadores em Educação têm vivenciado. E ainda, cobrar respeito em relação à Lei do Piso (ao anúncio do MEC que reajustou em 11,36%), que como o próprio nome diz, é lei.

Nesta terça (15), haverá uma mobilização nos locais de trabalho para assegurar a participação na Greve Nacional. No dia 16, os 13 núcleos regionais realizarão atos em defesa da Educação e, no dia 17, a categoria participa da Assembleia Geral, às 14h, na ALEPE. Após a Assembleia, haverá uma caminhada para o Palácio do Governo e entrega da pauta de reivindicação a representantes do governo, que contém entre outros pontos, o reajuste salarial para 2016.

A Greve Nacional é uma ação coordenada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e lutará pelo cumprimento da Lei do Piso e se coloca contra a militarização nas escolas, contra a entrega das escolas às organizações sociais (OSCs), contra o parcelamento de salários.

Do SINTEPE.

Compartilhe:

Comentários

comments