PROTESTO PROMETE MARCAR A TERÇA-FEIRA EM GRAVATÁ

O possível fechamento de dezessete escolas da rede municipal de educação tem preocupado pais e alunos da zona rural de Gravatá, agreste pernambucano. Segundo informações, a Secretaria Municipal de Educação estaria disposta a remanejar alunos e fechar algumas escolas para conter gastos com as unidades de ensino.

Para repudiar o possível fechamento das escolas, um grupo de pais de alunos estará promovendo nesta terça-feira (5) protesto pelas principais ruas da cidade. A mobilização está prevista para se concentrar em frente ao prédio do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), às 9 da manhã e contará com a participação do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), SIPROG, SINDSGRA, AMACS, AMASEG, Conselho Municipal de Educação, União dos Estudantes de Pernambuco, Conselho do Fundeb e Conselho de Merenda.

O grupo vai protocolar uma denúncia exigindo que as escolas não sejam fechadas e que seja cumprida a lei que garante a existência desta modalidade de ensino na zona rural do município. A medida possivelmente estaria sendo adotada pelo grupo de intervenção coordenada pelo Coronel Mário Cavalcanti.

Do Gravatá Notícias.

Compartilhe:

Comentários

comments