ELEITORES DE AMARAJI TEM ATÉ MARÇO PARA REGULARIZAR TÍTULO ELEITORAL

Com quase 18 mil eleitores inscritos na 31ª Zona Eleitoral, Amaraji, na zona da mata sul de Pernambuco, está passando pelo recadastramento biométrico, procedimento obrigatório em todo o país. Os eleitores amarajienses podem fazer o procedimento, no próprio cartório eleitoral da cidade, até o dia 31 de março deste ano.

O processo de recadastramento teve início anos atrás e já começou a ser testado em eleições pelo país. Eleitores que não realizarem o recadastramento ficarão com problemas na justiça eleitoral, podendo até implicar no direito ao voto nas eleições de outubro deste ano.

Além de Amaraji, outros 24 municípios pernambucanos estão no processo de recadastramento biométrico, oferecido pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE). São eles: Bezerros, Bom Jardim, Bonito, Brejão, Camocim de São Félix, Glória do Goitá, Jatobá, Jucati, Jupi, Lajedo, Limoeiro, Nazaré da Mata, Olinda, Paranatama, Passira, Paulista, Petrolina, Quixaba, Santa Cruz do Capibaribe, Santa Maria do Cambucá, Solidão, Tacaratu e Vitória de Santo Antão.

Desde 2008 o TRE-PE realiza o recadastramento biométrico no estado. A ação teve início nos municípios de Ilha de Itamaracá, Itapissuma, Rio Formoso e Tamandaré.

A estimativa é que até 2018, todo o estado de Pernambuco já esteja totalmente regularizado na questão da biometria. Ao todo, até o momento, 73 municípios já entraram na lista, entre os que já realizaram e os que estão realizando o recadastramento, Para os demais municípios, o TRE-PE aguarda autorização do Tribunal Superior Eleitoral, que rege os tribunais estaduais.

Reportagem Paulo Sérgio – Chã Grande News.

Compartilhe:

Comentários

comments