HOMEM É PRESO POR ESTUPRAR ENTEADA COM PARALISIA CEREBRAL NO CABO

Um operador de produção, de 50 anos, foi preso suspeito de estuprar a enteada com paralisia cerebral, no bairro da Cohab, no Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife. Por causa da doença, a jovem não fala, não anda e se alimenta através de sonda.

De acordo com a polícia, o homem tirava fotos e fazia vídeos da vítima durante o abuso sexual. “Uma criança teve acesso ao celular do imputado e verificou essas fotos e algumas filmagens mostrando o abuso sexual. Então, o menor mostrou a avó, que é a mãe da vítima e, infelizmente, para surpresa nossa, a mãe trocou a porta onde ficava a jovem, mas não fez a denúncia à polícia”, relatou o delegado Edenílson Mattos. A mulher, casada há mais de 20 anos com o suspeito, também será investigada.

Na delegacia, o padrasto assumiu o crime, defendeu a companheira e atribui os abusos ao consumo excessivo de álcool. “Eu bebia todo dia e ficava muito louco. Estou muito arrependido e envergonhado”, alegou o operador de produção.

O homem foi preso em flagrante e deve responder por estupro de vulnerável.

Da TV Jornal.

Compartilhe:

Comentários

comments