GRUPO ESPLANADA ENCERRA OPERAÇÕES NO RECIFE

O tradicional Grupo Esplanada Brasil decidiu encerrar suas operações no Recife, onde operava com duas unidades da Esplanada by Express em pontos altamente estratégicos no Centro da Cidade. Na segunda, fechou a loja da Av. Conde da Boa Vista e, na terça, a da esquina das ruas da Praia e Nossa Senhora do Carmo. O grupo, que estuda em que cidades irá inaugurar novas lojas, confirmou o fim das operações e disse tratar-se de uma “questão estratégica da empresa frente ao mercado atual”.

Uma fonte ligada ao grupo informou que a estratégia agora está voltada para o interior do Ceará, estado onde está localizada a matriz da Esplanada e onde uma loja foi inaugurada no final do mês passado. A saída do Recife deve-se principalmente ao elevado custo da praça, sobretudo com aluguel. Com 61 anos, o Grupo Esplanada está presente também na Paraíba, Sergipe, Bahia, Maranhão, Alagoas, Piauí, Pará e Distrito Federal. Ao todo, são cerca de 30 lojas.

Vários outros pontos comerciais do Centro estão fechados, com destaque para a Rua da Imperatriz, uma das mais tradicionais do comércio recifense. Com o consumo em queda e o alto custo de se manter uma loja, ficou inviável manter os negócios, na avaliação de empresários.

Além disso, o Centro enfrenta a forte concorrência dos asiáticos, que, segundo relatam lojistas, muitas vezes pagam mais caro pelo ponto para estocar mercadorias ilegais, mantendo os imóveis com as portas fechadas. Os empresários locais queixam-se da falta de fiscalização e punição para os que vendem artigos contrabandeados.

Do JC Online.

Compartilhe:

Comentários

comments