GRUPO DE MOTOQUEIROS CHEGAM PARA BADERNAR EM AMARAJI PENSANDO HAVER TRILHA NA CIDADE

Neste domingo (26), os moradores de Amaraji se surpreenderam com uma grande quantidade de motoqueiros com diversos modelos de moto que chegou repentinamente na cidade de Amaraji e Primavera e deixou moradores assustados.

Repentinamente, motoqueiros de forma irresponsável chegaram nas cidades com muito barulho provocado pela alteração nos canos de escape, algumas motocicletas inclusive não tinham farol, outras as placas estavam viradas para não serem vistas.

Há quase um ano que não se via tanta aglomeração de motoqueiros de forma desorganizada. A Trilha que sempre foi conhecida na cidade foi suspensa por determinação de um TAC à pedido do Ministério Público que realizou uma audiência pública e conforme pedido da população foi determinado o cancelamento do Trail Club Rompe Lama.

Nossa equipe esteve na PE-63, sentido Primavera e flagrou na estrada diversas demonstrações de irresponsabilidade cometidas por diversos grupos de motoqueiros. A Polícia Militar foi reforçada na cidade inclusive com apoio do GATI, que montou uma ação no intuito de inibir bagunça e baderna na cidade e determinou o fim das aglomerações em cumprimento ao Termo de Ajustamento de Conduta emitido desde o ano passado.

Por volta das quatro horas da tarde ainda percebia-se muitos motoqueiros retornando pela PE-63 e pela PE-71. Muitos reclamando pelo fato de não poderem criar grupos isolados para curtirem os caminhos rurais.

Nossa equipe teve acesso com exclusividade a cartazes elaborados no Recife onde grupos cobravam valores para virem à Amaraji, no cartaz era cobrado R$ 25,00, e estabelecia horários. De acordo com o cartaz o grupo formado seria do Jordão, no Recife.

Trail Club Rompe Lama

A tradicional trilha de aventura conhecida na região e tradicional em Amaraji há 23 edições, desde o ano passado que está suspensa de acordo com TAC emitido pelo Ministério Público a pedido dos organizadores que alegaram que o evento não oferecia mais segurança suficiente e também a pedido da população pelos transtornos e vandalismos causados na cidade.

Compartilhe:

Comentários

comments