DELEGACIA DE GRAVATÁ INVESTIGA CRIME CONTRA A HONRA VEICULADO NA INTERNET

Na última sexta-feira (03) foi registrado na Delegacia de Polícia de Gravatá um Boletim de Ocorrência acerca de crime contra a honra veiculado via internet. No caso cinco garotas compareceram para relatarem que teriam tomado conhecimento de que suas fotos estavam sendo veiculadas ilegalmente e sem os seus consentimentos num grupo da rede social Facebook, além do aplicativo para smartphone WhatsApp, relatando que elas tinham envolvimento com o indivíduo Everaldo, vulgo “Gaguinho”, que recentemente foi preso pela Polícia durante a Operação Paz na Serra, fato este que todas elas rechaçam veementemente e que vem lhes causando profundo constrangimento moral.

Desta forma, atendendo a pedido das vítimas e visando orientar a todos, a Polícia Civil informa que este tipo de procedimento constitui CRIME CONTRA A HONRA. No caso em evidência se vislumbra as práticas dos crimes de difamação e de injúria por meio que facilita a divulgação, o que pode gerar procedimento policial em desfavor da pessoa que pratica ou participa, inclusive compartilhando, de tal ato, cuja a pena pode alcançar 2 (dois) anos de detenção.

Com informações da Assessoria.

Comentários

comments