TRADIÇÃO E FÉ REÚNEM MILHARES DE FIEIS NA PROCISSÃO DE FREI DAMIÃO EM GRAVATÁ

O dia 31 de maio é sagrado para os fieis católicos de Gravatá e região, é que nesta data há 18 anos, falecia Frei Damião, o capuchinho que conquistou os nordestinos e que dependendo da análise da igreja católica, em breve pode se tornar Santo. Sua relação com Gravatá é forte e histórica, afinal foi nesta cidade que Frei Damião celebrou sua primeira missa quando chegou ao Brasil.

Todos os anos, celebrando sua história e preservando a fé, a procissão percorre as ruas de Gravatá, saindo da Igreja Matriz de Sant’Ana com destino a Capela de São Miguel no bairro Riacho do Mel. E no último domingo (31/05) não foi diferente. A saída aconteceu pontualmente às 17 horas e foi aos poucos lotando cada espaço da caminhada peregrina.

Toda a estrutura para o evento incluindo palco, iluminação, apoio da Guarda Municipal e SAMU foram oferecidos pela Prefeitura. O coral da Matriz de Sant’Ana ficou responsável pela animação da Santa Missa que foi celebrada pelo Frei Jociel Gomes. Outros seis Freis estiveram presentes na solenidade religiosa, vindos da Itália, fazem parte da mesma ordem de Frei Damião, e estão na região analisando os fatos para beatificação e canonização do capuchinho.

Do Gravatá Notícias.

Compartilhe:

Comentários

comments