CRIMINOSO DE ALTA PERICULOSIDADE É CAPTURADO EM VITÓRIA DE SANTO ANTÃO

Procurado pelo assassinado de mais de 15 pessoas, Antônio Augusto Tavares da Silva Filho, de 27 anos, conhecido como Gugu, foi preso na manhã do sábado (7). Essa prisão é resultado de uma operação conjunta com a Polícia Civil e Grupo de Apoio Tático Itinerante da Polícia Militar (GATI) do 21º Batalhão de Polícia Militar (BPM). Os crimes ocorreram em Jaboatão dos Guararapes.

Antônio Augusto estava escondido no Bairro Jardim Ipiranga em Vitória de Santo Antão, zona da Mata Sul. Com ele foram encontrados cinco pistolas, um revólver tipo TA, farta munição de diversos calibres, além de uma grande quantidade de drogas, incluindo vários tabletes de maconha e de crack.

“Ele é um dos mais procurados em Pernambuco e estava na lista de prioridades da Secretaria de Defesa Social. É considerado um dos maiores traficantes de droga do Estado. Com ele, estavam mais de 14 quilos de maconha, além de 19 trouxas da droga já prontas para o consumo e 410 gramas de crack“, disse o comandante do 21° Batalhão da Polícia Militar (BPM), major Hercílio Mamede. 

“No local onde ele estava, também encontramos cinco pistolas, sendo duas de calibre 9 milímetros, de uso exclusivo da Forças Armadas, e três de calibre 380, além de diversas outras munições. Ele também tinha duas espingardas de pressão, um colete balístico e nove carregadores de pistola”, acrescentou o major Mamede.

Ele ainda informou que o acusado, que tem cinco mandatos de prisão, estava com R$ 17.740 em espécie, quantia arrecadada com o tráfico de drogas. O acusado, segundo o major, estava em Vitória de Santo Antão para seguir para Caruaru, no Agreste do Estado, onde praticaria mais um homicídio. No início da tarde de hoje, Antônio Augusto Tavares da Silva Filho seguiu para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, Região Metropolitana do Recife (RMR).

Um efetivo permanece na cidade e locais próximos em busca de outros procurados. Juntamente com Gugu, foi presa uma mulher identificada como Érika Verusca Tavares da Silva, de 29, que também é investigada por participação em crimes. Segundo a polícia, Érika Verusca também estava com as drogas e as armas, que foram apreendidas neste sábado. A mulher foi encaminhada a Colônia Penal Feminina.

Com informações da Assessoria.

Compartilhe:

Comentários

comments