PRESIDENTE DA CÂMARA DE SÃO JOSÉ DO EGITO EXONERA SERVIDORA GESTANTE E JUSTIÇA MANDA READMITIR

A Justiça em São José do Egito determinou que o Presidente da Câmara de Vereadores da cidade, José Vicente Souza, conhecido por Doido de Zé Vicente, reintegre uma servidora da casa que estava gestante, sob pena de multa pessoal de R$ 500,00 por dia.
A acusação é de exoneração por perseguição política. A decisão é fruto de mandado de segurança impetrado pelo advogado Augusto Valadares, que defende a tesoureira Monique Sousa e Silva.
Ela é nora do ex-vereador Roberto Sampaio. Caso não seja dado cumprimento integral à presente decisão, o juiz determina a aplicação da multa diária no valor de R$500,00 (quinhentos reais), direcionada ao impetrado.
Da Rádio Pajeú.
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.