PREFEITURAS ALEGAM DIFICULDADE EM CUMPRIR NOVO PISO DO PROFESSORES

O piso salarial dos professores vai aumentar cerca de 13% a partir do próximo pagamento da folha salarial. A categoria deve passar a receber cerca de R$ 1.900. O anúncio do piso nacional tem preocupado as prefeituras de menor porte no interior de Pernambuco. 

Para alguns gestores, está difícil fechar as contas e conseguir quitar o aumento Na cidade de Agrestina que tem mais de 23 mil habitantes, para o secretário de administração, Márcio Welson, “aumentou a despesa e a receita é a mesma, o município está avaliando como vai fazer” destaca.
Ainda de acordo com o secretário de administração para que seja possível pagar o piso e não infringir a lei de responsabilidade fiscal será preciso fazer demissões.
Existem cidades que estão em situação melhor, como é o caso de São Caetano que conseguiu regularizar as contas e pagar aos professores um valor acima do piso nacional.
Da TV Jornal.
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.