POLÍCIA FEDERAL PRENDE EM PERNAMBUCO ITALIANO PROCURADO PELA INTERPOL

A Polícia Federal em Pernambuco (PF-PE) prendeu, na manhã desta quarta-feira (14), no bairro de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, o empresário italiano Mirco Folli, de 45 anos, que era procurado da Interpol desde 2012. Mirco é acusado de favorecer a imigração clandestina e exploração da prostituição, além de porte ilegal de arma de fogo e crime financeiro, tendo recebido uma pena de dez anos e sete meses de reclusão.
Com um visto permanente de trabalho, o italiano veio para o Brasil em março de 2004. Ele era dono de uma pizzaria no bairro de Candeias, em Jaboatão dos Guararapes, e também trabalhava como tesoureiro na Federação Pernambucana de Rugby.
De acordo com a PF-PE, Mirco foi preso em sua residência e em nenhum momento reagiu à prisão. Em conversa com a polícia, o imigrante se disse surpreso pois teria voltado à Itália há três anos para o enterro do pai sem ter sofrido nenhum tipo de impedimento.
Não há informações de que o italiano tenha se envolvido em atos ilícitos ou cometido algum crime no Brasil. Mirco foi encaminhado para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel) onde ficará à disposição do Supremo Tribunal Federal para futuramente ser extraditado à Itália. A prisão foi realizada pela Representação Regional da Interpol da PF-PE. Esta é a primeira prisão realizada em Pernambuco pela representação.
Com informações da assessoria.
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.