PAULO CÂMARA É EMPOSSADO GOVERNADOR DE PERNAMBUCO

O novo governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), tomou posse, na tarde desta quinta-feira (1°), na sede da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Câmara assumirá o governo dando sequência à participação do PSB no comando estadual, ele permanecerá até 2018 no cargo. 
A cerimônia foi pontualmente iniciada às 15h pelo presidente da Alepe, Guilherme Uchoa (PDT). Assim que aberta Paulo Câmara e o seu vice-governador, Raul Henry (PMDB), foram conduzidos à mesa, pelo líder do governo na Casa Joaquim Nabuco, Waldemar Borges (PSB).
Presidente da cerimônia de posse do novo governador de Pernambuco, Uchoa enalteceu as parcerias feitas entre o legislativo e o executivo desde 2007, quando o ex-governador Eduardo Campos (PSB) assumia o governo, até agora. Para o pedetista, apesar dos desafios, Câmara terá capacidade de guiar o estado. 
Após o discurso de Uchoa, Câmara fez as promessas de compromisso com Pernambuco e fez menções a importância do ex-governador e padrinho político Eduardo Campos (PSB) para a eleição dele como gestor estadual. Segundo ele, “é inegável” que o legado de Campos “tornou Pernambuco um lugar melhor para viver”.
“É sempre oportuno registrar os agradecimentos a quem não está mais entre nós. Como ensinava (Miguel) Arraes, faremos o possível. E o impossível o povo nos ensinará”, frisou lembrando também do escritor Ariano Suassuna e de outros nomes de políticos falecidos.
Em seguida, Raul Henry fez as mesmas promessas sendo também empossado. Dezenas de políticos participaram da cerimônia, entre eles o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, e a viúva de Campos, Renata Campos (PSB). Além de deputados estaduais e federais, prefeitos, e autoridades militares e religiosas. 
D LeiaJá.
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.