SUSPENSA LIMINAR QUE DETERMINAVA AFASTAMENTO DA PREFEITA DE SÃO JOSÉ

Foi suspensa, a liminar que determinava o afastamento de Elianai Buarque Gomes do cargo de prefeita de São José da Coroa Grande, no Litoral Sul de Pernambuco. A prefeita é acusada de prática ilícita de nepotismo, ou seja, contratação de parentes no serviço público.
A decisão de afastar a prefeita foi tomada na última segunda-feira (22) em resposta a uma Ação Civil Pública ingressada pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE). A prefeita recorreu da decisão e o recurso dela foi julgado pelo presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Frederico Ricardo de Almeida Neves. O processo continua correndo na comarca de São José até a decisão final do juiz. Mesmo depois disso, as partes ainda podem recorrer.
A revogação foi direcionada apenas à prefeita, sob alegação de que “A sentença que afasta de suas funções o titular de mandato eletivo implica a cassação da vontade popular por quem não tem competência para esse efeito”. No entanto, o texto reconhece: “Por outro lado, não há como se negar a existência de fortes indícios de nepotismo, com inúmeros familiares da prefeita municipal ocupando cargos na estrutura administrativa do Município”. Os parentes da prefeita que ocupavam cargos na administração pública — seis secretários e sete servidores — vão permanecer afastados. Entre eles estão o marido, filha, genro e sobrinhos da prefeita.
Entenda o caso, clique aqui.

Do G1.
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.