TRE DE PERNAMBUCO TESTA SISTEMA DE TOTALIZAÇÃO DE VOTOS

A Comissão de Totalização de Votos do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Pernambuco testou agora há pouco o sistema de gerenciamento de totalização dos votos no Estado. O evento também serviu para oficializar a formação da comissão, presidida pelo Corregedor do Tribunal, Alfredo Hermes, e pelos desembargadores Paulo Roberto Lima e Frederico Carvalho. Pela manhã, o TRE realizou uma votação simulada para comprovar a confiabilidade do sistema eletrônico de votação.
O teste do sistema foi realizado pontualmente às 13h, com o rompimento do lacre por meio de uma senha encaminhada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). “A abertura do sistema comprova que o sistema está zerado antes do início da votação deste domingo”, explica Hermes. Isso significa dizer que o sistema abriu zerado, sem voto para nenhum dos candidatos dessa eleição (o que poderia caracterizar fraude).
Às 14 horas começaram os testes nas 151 zonas eleitorias espalhadas pelo Estado, que também recebem uma senha em envelope lacrado para destravar seus sistemas.
A comissão de terceirização de votos em Pernambuco conta com uma equipe de 55 servidores das áreas técnica e jurídica. As 20 mil urnas em funcionamento no Estado vão enviar informações para o sistema de totalização. A previsão da comissão é divulgar o resultado das eleições 2014 às 22h do domingo. Pernambuco tem 6,35 milhões de eleitores.
Com informações do NE10.
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.