PAULO CÂMARA É ELEITO NOVO GOVERNADOR DE PERNAMBUCO

O candidato do PSB, Paulo Câmara, foi eleito neste domingo (5) o novo governador de Pernambuco, derrotando o candidato do PTB Armando Monteiro Neto.
Na primeira fase da campanha, as intenções de votos de Paulo Câmara situavam-se em patamares baixos, cerca de 10%, na média, de acordo com diversos institutos de pesquisa. O candidato Paulo Câmara, após a morte do ex-governador Eduardo Campos, vivenciou um rápido e contínuo crescimento, a ponto de ultrapassar seu principal oponente no início de setembro e, desde então, manter-se sempre à frente.
O ex-secretário da Fazenda de Eduardo Campos, com passagem pela Administração e Turismo, como uma espécie de curinga da gestão, foi escolhido por ser jovem e não ter nada em seu currículo que o desabonasse. Eduardo dizia que os movimentos de julho de 2013 eram a confirmação de que a população almejava renovação, não apenas da gestão, mas também dos quadros políticos. Em comum com Geraldo Júlio, Paulo Câmara era um técnico sem experiência política tradicional. Os adversários de Eduardo Campos acusavam-no de tentar maquiar o novo coronelismo, criou um eufemismo para a estratégia e a chamou de nova política.Para formar o próprio time e não correr o risco de ser traído, investiria em técnicos. O objetivo seria eleger os afilhados e permanecer no comando.
Paulo Câmara venceu com mais de 68% dos votos válidos, totalizando 3.009.087 votos contra 1.373.237 de Armando Monteiro.
Com informações do Blog do Jamildo.
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.