GRUPO DE INOCÊNCIO OLIVIERA COMEÇA A SE DESFILIAR DO PR E PROMETE ENTRAR NA JUSTIÇA

Como já havia adiantado na sexta-feira (17), o grupo político do deputado federal Inocêncio Oliveira deve entrar na Justiça para garantir que ele continue na presidência da legenda em Pernambuco. Inocêncio foi destituído na quinta (16) e o cargo foi passado ao deputado federal Anderson Ferreira.
“A alternativa agora, segundo os inocencianos, é recorrer à Justiça contra a intervenção golpista, ao tempo em que dezenas de militantes em todo o Estado estão se desfiliando do PR num gesto de desagravo ao principal articulador do Partido em Pernambuco”, diz uma nota divulgada por José Adalberto Ribeiro, assessor de Inocêncio.
Oficialmente, a Direção Nacional do PR informa que a destituição buscava uma renovação da legenda em Pernambuco. Os aliados de Inocêncio alegam que em conversa interna o que foi dito é que a medida era uma punição ao fato de o deputado ter apoiado Aécio Neves (PSDB) no segundo turno da eleição presidencial. O PR está na coligação da presidente Dilma Rousseff (PT).
Em Amaraji, solidário a volta de Inocêncio, está o vice-prefeito Cícero Tiá, que se declarou favorável a permanência do parlamentar na presidência do partido no estado.
Ao longo desta segunda (20), Inocêncio estará em seu escritório político na Imbiribeira para receber aliados e correligionários em manifestação de solidariedade.
Inocêncio Oliveira tem 75 anos e está na Câmara Federal há 40 anos. Ele presidiu a Casa entre os anos de 1993 e 1994 e, nesse período, chegou a ocupar temporariamente a Presidência da República em nove ocasiões. Em 2014, por motivos de saúde, ele abriu mão de disputar o 11º mandato.
Com informações do Blog do Jamildo.
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.