GRAVATÁ EM SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA POR CAUSA DA SECA

O município de Gravatá, no Agreste de Pernambuco, está em situação de emergência por causa da seca. O decreto, com validade de 180 dias, foi assinado nesta quarta-feira pelo prefeito Bruno Martiniano.
De acordo com o documento a ausência prolongada de chuvas está causando danos e prejuízos irreparáveis aos moradores. A realidade teria sido comprovada em um formulário de avaliação de danos aplicado nos setores. Conforme o decreto, a resolução nº 03 do Conselho nacional de Defesa Civil (CONDEC), a intensidade de chuvas foi dimensionada como nível 2, com agravantes, refletindo negativamente na economia do município, fortemente ligada à agricultura.
Com o município pode abrir crédito extraordinário, dispensar licitações para bens e serviços, locar equipamentos e máquinas e prestar serviços e realizar obras relacionadas à estiagem.
Com informações do Diario de Pernambuco.
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.