OPERAÇÃO GAMELA PRENDE QUADRILHA ACUSADA DE HOMICÍDIOS, TRÁFICOS E COMERCIO ILEGAL DE ARMAS EM TRÊS CIDADES DE PE

A Policia Civil de Pernambuco apresentou, na última sexta-feira (12), o resultado da Operação Gamela, que prendeu uma quadrilha responsável por homicídios, tráfico Ilícito de entorpecentes, comércio Ilegal de armas de fogo e associação criminosa. Ao todo, oito pessoas foram presas, e nove menores de idade foram apreendidos, nos municípios de Gameleira, Jaboatão dos Guararapes, e Santa Cruz do Capibaribe. 120 policiais civis estiveram envolvidos na ação.

Segundo a polícia, a investigação vinha sendo realizada pela delegacia de Gameleira, com assessoria do Núcleo de Inteligência do Grupo de Operações Especiais (GOE), que conseguiram capturar os suspeitos: Valdeci Silva de Assis Júnior (Val Mototaxista); Maria de Fátima da Silva (Tia Dada); José Gilberto da Silva (Bel); Eraldo Carlos Patrício (Senhor dos Anéis); Elias Raimundo da Silva (Vigilante da Prefeitura); Hudson Ferreira dos Santos; Henrique José da Silva Gonçalves (Furança); José Everaldo da Silva (Picó). Todos estes, junto com os menores, eram comandados pelo presidiário Severino Francisco de Barros Filho, conhecido por Adriano, que cumpre pena por homicídio e tráfico de drogas.
Segundo o relatório da Polícia, a operação investiga 24 pessoas. Destas, foram presas 19 no dia da operação. Ao todo, 21 mandados de prisão foram cumpridos, e 23 mandados de busca e apreensão domiciliar. Em poder dos presos, foram encontrados três tabletes e meio de maconha, 195 pedras de crack, nove espingardas, três revólveres, uma pistola e munição dos calibres .40 (Ponto 40), .45 (Ponto 45), 38 e 32.


Com informações da assessoria

Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.