FUNCIONÁRIOS DOS CORREIOS DEFLAGRAM ESTADO DE GREVE

Em assembleia realizada na noite dessa terça-feira (9), os funcionários dos Correios decidiram deflagrar estado de greve. Os profissionais voltam a se reunir na próxima quarta-feira (17) para decidir se irão paralisar as atividades por tempo indeterminado a partir das 0h do dia 18 de setembro.
Segundo o secretário jurídico do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios em Pernambuco (Sintect-PE), Rinaldo Nascimento, este ano os profissionais cobram um aumento salarial de 11,3% e reajuste linear de trabalho no valor de R$ 300.
A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) determinou um reajuste de 6,5% dos salários, conforme o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Para o sindicato, esta porcentagem representa apenas R$ 70 sobre o salário-base da maioria dos profissionais. “Na última negociação os profissionais recusaram essa proposta”, afirmou.
Além disso, a categoria ainda pede que os funcionários façam entregas no turno da manhã, contratações através de concurso público, equiparação dos atendentes com os bancários, além do fim do Plano Postal Saúde. “Estamos enfrentando recusa de exame e de cirurgia. É uma situação bastante complicada”, explicou Nascimento.
Na quarta-feira, a categoria irá se reunir na sede no Sindicato, no bairro de Santo Amaro, para definir o que será feito. Caso optem pela paralisação, os profissionais estarão de braços cruzados já na quinta-feira.

Com informações do Leiajá.
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.