MISSA EM MEMÓRIA A EDUARDO CAMPOS É CELEBRADA EM CASA FORTE

Acompanhada por uma multidão de espectadores, a missa de sétimo dia da morte do Ex-governador Eduardo Campos começou pontualmente às 20h na Igreja Matriz de Casa Forte, na Zona Norte do Recife. Dentro da igreja, familiares, amigos, autoridades e líderes locais do PSB, legenda que Eduardo defendeu por toda a vida. Do lado de fora, centenas de admiradores do homenageado e curiosos se acomodam na estrutura de toldos, telões e cadeiras montada para que todos possam assistir a celebração religiosa.
Os filho João Campos foi responsável pela primeira leitura da missa celebrada pelo arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido. “Não estamos celebrando a morte, mas sim a vida do meu pai e de todos que se foram na queda do avião”, lembra o jovem, sereno.
As ruas ao redor da Praça de Casa Forte foram interditadas pela Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU). O público que acompanha do lado de fora já toma conta da Praça de Casa Forte. Mesmo com a igreja lotada, muitas pessoas ainda tentam adentrá-la para assistir de perto a celebração que já teve preces feitas por Maria Eduarda Campos, filha mais velha de Eduardo, e homília do Padre Edwaldo Gomes, pároco do bairro, sobre a importância da conscientização política. 
Foi na Paróquia de Casa Forte que Eduardo e sua família organizaram, em duas ocasiões, uma missa de Ação de Graças em agradecimento às duas eleições ao Governo de Pernambuco vencidas por ele.

Com informações do Diario de Pernambuco / Imagem: Eduardo Marques.
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.