GUIA ELEITORAL COMEÇA NESTA TERÇA-FEIRA; SAIBA OS HORÁRIOS

Chegou aquela hora das eleições tão esperada pelas equipes de campanha – e nem tanto pelos telespectadores e ouvintes. É o guia eleitoral, em que os candidatos se apresentam e fazem promessas, mas também colocam os “jingles-chiclete” e os slogans mais engraçados. Desde esta terça-feira (19) até o dia 2 de outubro, dois dias antes do pleito, dois horários nobres da televisão e do rádio estão reservados para a propaganda dos postulantes.
Os programas de candidatos a presidente e deputado federal serão exibidos às terças, quintas e sábados, enquanto nas segundas quartas e sextas serão veiculados os de governador, senador e deputado estadual. Além disso, há as inserções na programação diária normal.
Os primeiros a aparecer nesta terça-feira (19), estreia do guia, são os que disputam o Palácio do Planalto. O primeiro horário de rádio é das 7h às 7h25 e o segundo, das 12h às 12h25. Na TV, o guia é das 13h às 13h25 e das 20h30 às 20h55. Vinte e cinco minutos são acrescidos para as propagandas de candidatos à Câmara dos Deputados.
De acordo com sorteio realizado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a coligação que iniciará o guia para presidente é a Unidos pelo Brasil, antes encabeçada pelo ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB), um dos sete mortos em acidente aéreo no litoral de São Paulo essa semana e sepultado nesse domingo (17), no Recife. 
Ainda não confirmada oficialmente, Marina Silva (PSB), a vice, é a escolhida como candidata pelos aliados. Segundo o presidente do partido, Roberto Amaral, o programa será uma homenagem a Eduardo Campos. Dilma Rousseff (PT) deverá usar as conquistas do seu governo e a imagem do ex-presidente Lula (PT). O mote de Aécio Neves (PSDB) deverá ser a biografia dele, que é senador e ex-governador de Minas Gerais.
O segundo a aparecer é Mauro Iasi (PCB), seguido por Zé Maria (PSTU); Coligação Muda Brasil, de Aécio Neves (PSDB); Com a Força do Povo, da presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição; Levy Fidelix (PRTB); Eymael (PSDC); Rui Costa Pimenta (PCO); Pastor Everaldo (PSC); Eduardo Jorge (PV); e Luciana Genro (PSOL).
A ordem de exibição para todos os cargos será em rodízio: o que for apresentado por último nesta terça será o primeiro da quinta-feira (21) e assim sucessivamente.

Em Pernambuco, a ordem de veiculação para deputado federal começa pela Frente Popular, uma aliança de quinze partidos – PP, PMDB, PR, PPS, DEM, PTC, PSB, PV, PSDB, PEN, PPL, PSD, PCB, SD e PROS. Depois, aparecerão PSTU, PCB e as coligações Pernambuco Vai Mais Longe (PRB, PDT, PT, PTB, PSC, PT do B), Mobilização por Poder Popular (PMN e PSOL) e Juntos pelo Imposto Único (PSL, PTN, PSDC, PRTB, PHS e PRP).
Com informação do NE10.
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.