GRÁVIDA, ESPOSA DO PILOTO NÃO COMPARECE A ENTERRO

O sepultamento do corpo do piloto Geraldo Magela Barbosa da Cunha, de 44 anos, morto no acidente de avião em que estava o candidato à presidência Eduardo Campos (PSB), foi realizado às 16h deste domingo (17), no cemitério Santa Rita, em Governador Valadares, na região do Rio Doce, em Minas Gerais.
Os retos mortais do piloto chegaram à cidade por volta de 21h de Sábado (16) e o velório aconteceu na Sexta Igreja Presbiteriana, no bairro São Pedro, onde a mãe dele frequenta há cinco anos.
A informação é de que familiares e amigos da vítima do acidente aéreo acompanharam a despedida. No entanto, a mulher do piloto não compareceu ao velório e também foi ao sepultamento. Ela está grávida do segundo filho do casal, com previsão para nascer em outubro.
“Ela ainda está em estado de choque. É um momento muito difícil, além disso, ela está grávida de 7 meses. A companheira do Geraldo ficou em Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte, onde o casal vivia”, contou o amigo da família, Josué Bento Vieira, de 49 anos.
Na semana do acidente, a mulher do piloto estava fora do país preparando o enxoval do bebê. Ainda segundo Vieira, às 13h acontece um culto fúnebre. “A mãe dele esteve aqui durante a noite, foi para casa e vai voltar para o culto”, disse.
Com informações de O Tempo.
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.