FUTEBOL DA ERA DOS DINOSSAUROS, SAUDADES DO MESTRE TELÊ, COM ÉLCIO OLIVEIRA

Élcio Oliveira, radialista, comentarista, cronista, árbitro, professor de Educação Física e colunista esportivo do site Amaraji Notícia.
Meus amigos do Amaraji Noticia há dezoito anos o Felipão era Técnico do Grêmio, o Luxemburgo técnico do Flamengo, o Levir Culpi era do Atlético Mineiro, o Abel Braga do internacional, o Murici Ramalho do São Paulo, qual foi a mudança do futebol neste período? Eles continuam nos mesmos clubes, mesmos métodos, mesmos esquemas, mesmos treinamentos, mesmos tudo! Será que isto não se explica os 7×1 para a Alemanha? Neste período o único técnico que está se reciclando, se preparando para retornar ao futebol é o Tite, o maior vencedor dos últimos anos e que deu ao Corinthians uma projeção internacional e foi renegado a técnico da seleção canarinho; eu não entendo as mesmices no futebol, nos clubes e na seleção, perguntar não ofende! É proibido evoluir no futebol? É por isso que o futebol está ficando chato , sem graça e muito pouco atrativo, eu muitas vezes cochilo e até durmo assistindo um jogo pela televisão.
Além dos medalhões técnicos, os nossos craques após ficarem dez a quinze anos na Europa voltam milionários e quase sempre com problemas de lesões crônicas, fora de forma e sem a mesma vontade, sem a mesma disposição e a maioria das vezes em fim de carreira e querendo na verdade sua aposentadoria, por raras vezes assistimos alguns lampejos de craques nos casos de Ronaldo fenômeno que já encerrou a carreira, o Ronaldinho Gaúcho que já não está mais conseguindo jogar em alto nível, o Kaká que voltou mais tem data de validade vencida, ou seja, até o final do ano, além de Lucas do PSG que nem convocado foi para a copa, o Oscar que fracassou os dois zagueiros que são considerados os melhores do mundo, mais que levaram (10)dez gols em dois jogos e que após a copa estão em baixa no futebol mundial, não temos ainda um goleiro confiável, eu pergunto quais serão os próximos laterais esquerdo e direito em evidência? Não temos sequer uma espinha dorsal para se fazer um meio de campo de talento e criatividade, temos somente um atacante confiável mas que ficou mais que provado que uma andorinha não faz verão e, na verdade quando você tem dois atacantes você tem um e quando você tem um, você não tem nenhum e foi isto o que aconteceu na copa.
Se o fracasso de Dunga em 2010 os números jogavam em seu favor, porque o dispensaram por apenas uma derrota? E depois de quatro anos reconheceram o seu trabalho através dos resultados e só agora traze-lo de volta? Não da para entender?
Marcelo Oliveira hoje tem o melhor time o Cruzeiro campeão em 2013, virtual campeão em 2014, com os melhores jogadores, melhor elenco, comanda com técnica, velocidade e qualidade, será que ele não poderia ser apenas sondado para a seleção brasileira? E deixado de lado os dinossauros, velhos, ultrapassados e obsoletos que agora são chamados somente em casos de emergência como o Felipão e o Luxemburgo para evitar vexames de Grêmio e Flamengo?
A fase do futebol e dos técnicos é descendente do ponto de vista técnico, emocional e profissional, o luxo, o glamour, o deslumbramento, é difícil de administrar e diferenciar a vida privada e a profissional além da idolatria desmedida com os nossos jogadores. Enquanto jogadores e técnicos ganham muita fama e dinheiro o futebol está no fundo do posso e nada que tá ruim que possa piorar com a chegada de Dunga que; além de vaidoso é arrogante e prepotente, por todas essas razões é que estou assistindo futebol com sono e quase dormindo e achando que somente com uma restruturação do futebol é que vamos sonhar e acordar não com um futebol bailarino como prometeu Emerson Leão e nem com um futebol feio, competitivo e de resultados como foi em 1994 e 2002, mas sim com um futebol como 1982 e 1986 que encantou o mundo e para mim foi o ultimo campeão do mundo mesmo não conquistando o título mundial.
Nossas saudades e homenagens ao grande mestre Telê Santana.
Comentário Campeão é comigo!
No mundo da Bola.
Acesse a página No Mundo da Bola, clique aqui, confira este e muitos outros artigos esportivos.
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.