EDUARDO CAMPOS MORRE EM QUEDA DE AERONAVE, EM SANTOS-SP

O candidato do PSB à Presidência, Eduardo Henrique Accioly Campos (PSB), morreu nesta quarta-feira (13) em um acidente aéreo em Santos, no litoral sul de São Paulo. Ele havia completado 49 anos no último dia 10 de agosto e fazia parte de um grupo político que integra a política pernambucana desde os anos 1950.

A aeronave partiu do aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino ao litoral paulista. O acidente aconteceu na região central de Santos.
Economista formado pela UFPE (Universidade Federal de Pernambuco), o político começou sua militância como presidente do Diretório Acadêmico da faculdade em 1985. Dois anos depois, passou à política tradicional como chefe de gabinete de seu avô –o então governador do Estado Miguel Arraes (1916-2005).
Em 1990, Campos filiou-se ao PSB e elegeu-se deputado estadual pelo partido, controlado em Pernambuco por Arraes.
Foi ministro de Ciência e Tecnologia no primeiro mandato de Luiz Inácio Lula da Silva, mas deixou o cargo em 2005 para se lançar candidato ao governo de Pernambuco. Foi eleito no ano seguinte e reeleito com 83%, um dos maiores índices da história brasileira.
A aliança política de Campos com Marina Silva, na candidatura à Presidência, no ano passado, foi considerada uma grande jogada política, mas os índices das pesquisas eleitorais não refletiam o potencial que ele imaginara para a associação.
Imagem: Site IG

Com informações da Folha de SP / Mais informações em instantes.

Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.