RODOVIÁRIOS MANTÊM GREVE

Uma audiência para decidir o futuro da greve dos rodoviários será realizada às 16h da próxima terça-feira (29), no Tribunal Regional dos Trabalhadores da 6ª região de Pernambuco (TRT-PE), localizado no Cais do Apolo. A reunião foi agendada pelo vice-presidente TRT-PE, desembargador Pedro Paulo Pereira Nóbrega.
De um lado da audiência está o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros no Estado de Pernambuco (Urbana-PE) e o Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários de Passageiros no Estado de Pernambuco (SERPE-PE), no outro Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários Urbanos de Passageiros do Recife e Regiões Metropolitana, da Mata Sul e Norte de Pernambuco. Previamente, havia sido determinado pelo TRT-PE que 100% dos empregados do setor prestem serviços durante os horários de pico – das 6h às 9h e das 16h às 20h – e 50% nos demais horários. Os rodoviários afirmaram que cumprirão apenas os 30% exigidos por lei.
A greve teve início à meia-noite desta segunda-feira (28) e, de acordo com uma conferência de imprensa realizada pelo Sindicato dos Rodoviários, continuará indefinidamente. Neste primeiro dia de greve os passageiros sofreram pela falta de transporte, e fecharam a BR-101 em protesto.
Anunciada no dia 24, a greve dos motoristas, cobradores e fiscais reivindica 10% de aumento salarial e vale-alimentação de R$ 320,00. Eles não aceitaram proposta patronal de aumento linear de 5% nos salários e no tíquete-alimentação, que é de R$ 171,00. O Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros no Grande Recife (Urbana) informou que 66% da frota está nas ruas, mas a população reclama da demora dos coletivos.
O Grande Recife tem dois milhões de usuários de transporte coletivo.
Com informações da Agência Estado.
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.