PAI MATA FILHO RECÉM-NASCIDO COM MURROS, NO AGRESTE DO ESTADO

O agricultor, José Eudálio da Silva, de 59 anos, que mora no sítio Vargem do Ingá, zona rural de Panelas, trouxe o filho bebê morto para o IML de Caruaru e ao ser indagado pelo Comissário Omar Cordeiro, sobre o motivo da morte da criança, Henrique José da Silva, de apenas 52 dias de nascido, ele não soube informar e disse que o filho morreu ao cair do colo da mão que não estava presente. O que chamou a atenção do policial, foi o fato da criança está com várias lesões pelo corpo.

O pai assassino confessou o crime. 
O Comissário desconfiou da estória e solicitou a presença da mãe do bebê e quando ela chegou, afirmou que o filho morreu ao cair do seu colo, o policial insistiu e ela entrou em contradição. O Comissário informou a delegacia de Homicídios, comandada pela Dra. Margarete, onde os pais do bebê foram ouvidos e foi descoberto que a criança morreu em virtude de ter sido atingida por um soco do pai.
O assassino confessou ter desferido o golpe, no entanto, disse que estava embriagado e queria atingir a mãe da criança, que também estava alcoolizada e o soco acabou atingindo a criança. O crime aconteceu na última sexta-feira e o bebê morreu no sábado.
Os policiais descobriram que os pais ainda tentaram enterrar o corpo da criança no cemitério local e foram impedidos pelo coveiro, por isso procuraram o hospital local e o médico encaminhou o corpo para o IML de Caruaru.
O assassino foi autuado em flagrante pelo infanticídio e foi encaminhado para o presídio de Palmares, já a mãe da criança, Maria das Graças, foi ouvida e liberada, mas deve ser penalizada por ter sido conivente com o monstro do marido.

Com informações do Blog do Adielson Galvão.

Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.