POLICIAL FEDERAL MORRE VÍTIMA DE AFOGAMENTO EM IPOJUCA

O escrivão da Polícia Federal, Fausto da Cunha Teixeira, 49 anos, que atuava na Delegacia de Defesa Institucional da Polícia Federal em Goiânia(GO), estava visitando a praia de Maracaípe, no litoral Sul do Estado, e foi vítima de afogamento na manhã dessa quarta-feira. Ele entrou no mar e foi arrastado para o fundo. Minutos depois, o corpo foi arrastado de volta para a praia.
Outros policiais federais que o acompanhavam e guarda-vidas da praia tentaram reanimá-lo, mas não obtiveram sucesso e Fausto da Cunha morreu no local. O corpo foi levado para o posto médico de Porto de Galinhas e encaminhado ao IML, na região central do Recife. Em seguida, o corpo foi levado à base aérea do Recife, na quarta à noite, para ser transportado, de avião, ao Estado de Goiás, onde será velado.
Antes da partida, policiais federais, sob forte comoção, de mãos dadas, prestaram suas últimas homenagens ao colega de trabalho, ovacionando-o com fortes salvas de palmas. O horário e local do seu sepultamento ainda será definido pelos seus familiares.
Com informações do JC Online.
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.