APÓS PASSAR 8 DIAS DESAPARECIDO, POETA PERNAMBUCANO É ENCONTRADO MORTO NO PARÁ

O poeta e cordelista pernambucano Manoel Monteiro, 77 anos, que estava desaparecido desde o dia 30 de maio, foi encontrado morto nesse sábado (7), em um quarto de hotel em Belém, no Pará. A causa da morte ainda não foi divulgada.
O artista teria desaparecido depois de chegar ao Terminal Integrado de Passageiros (TIP) em um transporte alternativo. A polícia de Pernambuco foi acionada. Também havia a informação de que ele teria ido para a região Norte do País.
Manoel era natural de Bezerros, no Agreste de Pernambuco, mas há muitos anos estava morando em Campina Grande, na Paraíba. Ele sofria de diabetes e hipertensão e havia a suspeita de que estaria sofrendo de distúrbios mentais.
Monteiro era membro da Academia Brasileira de Literatura de Cordel, com mais de 150 folhetos publicados.
Com informações do NE10.
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.