PAI DENUNCIA NEGLIGÊNCIA MÉDICA COM FILHO NO HOSPITAL MUNICIPAL DE AMARAJI

O senhor Amaro José da Silva, conhecido por pastor Mário, denunciou na manhã desta quarta (09), ao Ministério Público, a negligência que sofreu o seu filho Alison Patrick da Silva, 20 anos, no Hospital Municipal Alice Batista dos Anjos, em Amaraji, segundo o relato do mesmo no documento entregue a promotoria, seu filho que foi vítima de uma acidente com moto ficou quase 24 horas dentro do hospital sem atendimento quase causando graves consequências a saúde do mesmo.

De acordo com Amaro, o seu filho sofreu um acidente de moto no dia 03 deste mês, sendo socorrido ao Hospital Municipal Alice Batista, em Amaraji, onde foi atendido e colocado no soro, isso por volta das 18 horas, e que ele ficaria em observação na unidade, com o passar das horas e nenhum médico ter ido visitar o paciente, o pai resolveu procurar se informar quando já era três horas do dia seguinte e foi informado pelo médico do plantão do dia 04, que seu filho se encontrava internado na unidade sem seu conhecimento e após visualizar o estado do rapaz o mesmo se encontrava com um TLC (Traumatismo Craniano Leve), e precisaria ser transferido urgentemente para uma unidade hospitalar na capital.

O que despertou a atenção, foi o escreveu o Drº Rodrigo Silva, que emitiu junto com o encaminhamento, descrições da irresponsabilidade e erro do médico anterior ao seu plantão em não encaminhar o paciente, deixando o mesmo sem atendimento dentro da unidade hospitalar por quase 24 horas.
O jovem foi encaminhado ao Hospital da Restauração pelo médico do plantão do dia posterior e já se encontra em sua residencia em recuperação.
Ainda inconformado com a falta de atenção do médico que o atendeu na entrada ao hospital e a falta de troca de informações dos funcionários da unidade, o pai do jovem Alison Patrick da Silva, resolveu entrar com uma ação no ministério público em Amaraji, para evitar que novos casos de negligências possam acontecer.
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.