MÃE DE GAROTO ENCONTRADO ENFORCADO É PRESA APÓS CONFISSÃO DA VÓ E DA TIA

A Policia Civil em Amaraji, sob a coordenação do delegado Drº Paulo Lapenda, juntamente com sua equipe de investigação, ouviram na manhã desta quinta (13), a avó da criança encontrada enforcada no último dia 28/02, em Amaraji-PE. A avó, a senhora Maria da Conceição e a tia Ana Carla e ainda uma testemunha, segundo a policia confessaram na presença policial que a mãe Cleonice Maria de Lima, conhecida por Nicinha, 33 anos, teria matado enforcado o filho Silas Gabriel Rosendo de Lima, 9 anos.
Na versão da avó e da tia, gravada e juntada ao autos do processo, a mãe estressada após discutir com a criança teria arrochado o pescoço com um cinto de bolsa, matando e depois forjando um suposto enforcamento para despistar a atenção.
Ainda na delegacia Cleonice negou as acusações feitas pela mãe e pela tia, dizendo ser inocente.
Diante dos fatos e da confissões da avó e da tia que moram na mesma casa que a mãe, o Delegado Paulo Lapenda solicitou a prisão preventiva sendo acatada pelo Juiz da cidade de Escada, sendo encaminhada na noite desta quinta para a Colônia Penal do Bom Pastor no Recife, ficando a disposição da justiça.
No momento da saída da delegacia, em Amaraji, foi preciso auxilio da Policia Militar devido a grande multidão de pessoas que se formou gritando “assassina”, “justiça”.

Conheça o caso

A criança Silas Gabriel Rosendo de Lima, 9 anos, foi encontrado no dia 28 de fevereiro, enforcado por um cinto de bolsa, no seu quarto, até então a mãe e familiares negavam que alguém tivesse atentado contra a vida do jovem, afirmando que o mesmo teria tirado a própria vida.
Recorde toda história clique aqui.

Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.