HOMEM É DETIDO COM 19,3KG DE PASTA BASE DE COCAÍNA NO CABO DE SANTO AGOSTINHO

Um homem foi preso na madrugada do último sábado (29) ao transportar 19,3kg de pasta-base de cocaína. O suspeito, Antonio Luiz Cera Silva, de 34 anos, natural de Tacuru, no Mato Grosso do Sul, saiu de Ponta Porã, no mesmo estado, dirigindo um Citroen C3 preto com destino a Recife. Ele foi detido enquanto passava por uma das três equipes de policiais federais montadas nas principais vias de acesso à capital pernambucana. A ação foi coordenada pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE).
Após parar e vistoriar vários veículos com as mesmas características apontadas na investigação, os policiais que estavam instalados no Cabo de Santo Agostinho conseguiram identificar o carro de Antônio. Dentro do veículo, estavam vários tabletes de paste base de cocaína que, juntos, somavam 19,3kg. A substância estava em um fundo falso perto das duas rodas traseiras. Transformada em crack, ela renderia 58kg, o suficiente para produzir quase 230 mil pedras.
O suspeito recebeu voz de prisão em flagrante por tráfico interestadual de entorpecentes e, caso seja condenado, poderá pegar penas que variam de cinco a 20 anos de prisão. O homem foi submetido a exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) e em seguida emcaminhado ao Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), onde ficará à disposição da Justiça Estadual do Cabo de Santo Agostinho.
Ao ser interrogado, Antonio disse que veículo é dele e que saiu do Mato Grosso do Sul após receber uma proposta para transportar pasta base de cocaína até o Recife pela quantia de R$ 20 mil, que receberia quando chegasse e entregasse a droga na capital. Ele teria aceitado o acordo por estar com dificuldades financeiras. Ao ser abordado, o autuado estava acompanhado da filha de cinco anos e da esposa. A mulher não sabia da existência da droga nem tinha envolvimento com o crime, sendo ouvida e liberada em seguida. No momento, ela aguarda o dinheiro enviado parentes para então voltar a Ponta Porã.
Além da droga e do veículo, também foi apreendido um aparelho celular. É possível que a pasta-base tenha origem na Bolívia ou no Paraguai. A droga iria abastecer diversos pontos de venda de crack na Região Metropolitana do Recife (Olinda, Jaboatão e Cabo de Santo Agostinho).

Com informações de assessoria

Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.