DEZOITO CAMINHÕES QUE FAZIAM O TRANSPORTE DE ÁGUA POTÁVEL SÃO AUTUADOS EM ARCOVERDE

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), em ação conjunta com o Exército Brasileiro e a Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa), realizaram uma operação visando fiscalizar o transporte de água potável, durante a manhã desta terça-feira (25), na BR-232, em Arcoverde, Sertão do Estado.
A ação teve como maior objetivo identificar e punir possíveis responsáveis pelo transporte e comercialização de água potável fora dos padrões de higiene e saúde, estabelecidos pela legislação. Dezoito caminhões foram autuados, sendo que dois deles ficaram retidos. Um motorista foi preso pelo crime de uso de documento falso, já que no momento da abordagem ele apresentou a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsificada. Se condenado, poderá pegar uma pena que varia de 2 a 6 anos de reclusão.
A fiscalização do transporte de água potável é de extrema importância para a preservação da saúde da população, considerando que diversos transportadores cometem atos que vão de encontro ao que preconizam as normas de saúde pública. Uso de tanques de caminhões pipa contaminados, retirada de água de local impróprio para o consumo humano e venda de garrafões de água mineral de empresas ilegais, são algumas das principais irregularidades encontradas.
Com informações da assessoria de imprensa
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.