CORPO É ENCONTRADO NO AÇUDE DO ENGENHO AMORA GRANDE, EM AMARAJI

Foi encontrado no inicio da tarde deste domingo (16), no açude do Engenho Amora Grande, zona rural de Amaraji, o corpo do pedreiro Manoel Bezerra do Nascimento, 48 anos.
Segundo informações colhidas com José Carlos dos Santos que é cunhado da vítima, ele havia bebido das sete da noite do sábado até a madrugada deste domingo em seu bar e a última vez que o viu foi quando ele se dirigia em uma ladeira no sentido do açude.
O corpo foi procurando durante a madrugada e manhã deste domingo (16), mais só foi encontrado no inicio da tarde já sem vida, boiando no açude, por Williams José dos Santos, enteado da vítima, que retirou o corpo e colocou a beira d’água, logo após informou a Policia Civil em Amaraji que acompanhados da Policia Militar foram ao local de difícil acesso e constataram que o corpo aparentemente não apresentava perfurações, possivelmente o que poderia indicar que a vítima tenha morrido por afogamento, já que informações colhidas com a senhora Maria Aparecida, esposa da vítima, ele não sabia nadar e não tinha intrigados.
A esposa ainda alegou que já moraram no engenho, mas o casal atualmente morava na cidade de Gravatá, e sempre vinham ao engenho nos finais de semana por ter um ponto de negócio.
O corpo foi encaminhado ao IML de Caruaru e de acordo com a esposa o enterro será realizado na cidade de Gravatá.
Com informações da Policia Militar em Amaraji – Sd Sérgio / Policia Civil



Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.