JOVEM PASSA MAL DURANTE TESTE DE APTIDÃO FÍSICA PARA EXÉRCITO E MORRE EM HOSPITAL

O jovem Fellipy Caetano Silva, de 18 anos, morreu durante um teste de aptidão física para ingresso no Centro de Preparação de Oficiais de Reserva (CPOR), na manhã da última quarta-feira (22). O candidato passou mal durante a corrida, que é uma das atividades da avaliação, por volta das 8h30, e foi prontamente socorrido pela equipe de saúde do CPOR, cuja sede é situada no bairro de Casa Forte, Zona Norte do Recife, segundo informou a assessoria do Comando Militar do Nordeste (CMNE). O enterro dele ocorreu nesta quinta-feira (23), em Caruaru, no Agreste de Pernambuco.
Após sentir-se mal, Fellipy foi levado em uma ambulância para o Hospital do Exército, localizado nas proximidades do Parque 13 de Maio, área central da cidade, onde faleceu por volta das 10h. Segundo o CMNE, durante todo o percurso membros da equipe de saúde prestaram socorro ao rapaz, que teria sofrido mal súbito. O laudo médico com a causa da morte ainda não foi divulgado.
O CMNE afirma lamentar o ocorrido, avaliado como uma fatalidade. Conforme relatou a assessoria do órgão, Fellipy foi considerado apto a realizar o exame físico após consulta com médicos no momento do exame clínico.
É procedimento normal para participação no teste físico ser examinado previamente através de ausculta do coração e demais medidas. Apenas é solicitada a realização de outros exames laboratoriais quando é encontrado algum problema, fato considerado desnecessário pelo Comando no caso de Fellipy.
Segundo o CMNE, há uma legislação que controla o ingresso desses jovens no CPOR. A norma é constantemente revisada para evitar esse tipo de ocorrência.

Com informações da Folhape

Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.