GARIS DE PETROLINA ENTRAM EM GREVE DEVIDO À FALTA DE PAGAMENTO DE SALÁRIOS

Os garis de Petrolina, no Sertão do estado, entraram em greve para cobrar o pagamento dos seus salários que estão atrasados a 53 dias. Cerca de 150 profissionais deixaram de fazer os serviços de varrição de ruas, tapa-buraco e limpeza de canais.
O presidente do sindicato dos trabalhadores de limpeza urbana do município, João Soares Guimarães, fala em nome da categoria.
O salários está atrasado a cerca de 53 dias e muitos trabalhadores afirmam que estão passando necessidades. Os profissionais são terceirizados da empresa Sintra, que foi contratada pela prefeitura do município.
Com informação da Rádio Jornal
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.