PREFEITURA DE AMARAJI DESCUMPRE ORDEM JUDICIAL É MULTADA EM R$ 50 MIL E PROIBIDA DE REALIZAR EVENTOS

O Ministério Público de Pernambuco aforou no mês de novembro uma ação cível pública contra a prefeitura municipal de Amaraji que tem a frente o prefeito Jânio Gouveia, na ação segundo a promotoria a Polícia Militar de Pernambuco foi comunicada fora do prazo para o evento do dia 17 de novembro, data do São Pedro Fora de época, conforme regi a lei estadual 14.133/2010. 
Na ação o ministério publico ordenava o cancelamento do evento do São Pedro fora de época que seria realizado no dia 17, afirmando que o 21º Batalhão de Policia Militar foi comunicado intempestivamente do evento sendo impossível atender a devida segurança a população.
A prefeitura de Amaraji foi notificada e mesmo assim realizou o evento com Gabriel Diniz e Soul Sertanejo. A festa foi boa, mas o problema não foi nada agradável pelo descumprimento da ordem a Prefeitura foi multada em R$ 50,000,00 (cinquenta mil reais) e ainda ficou proibida de realizar eventos.
Segundo o Secretario de Cultura, Turismo, Desportos e juventude, Valmir Soares, “Mesmo tendo uma declaração do governo do estado afirmando que realizou o evento no dia 17 e que tivemos o reforço do Batalhão da Policia Militar no dia, fomos multados, mas ainda estamos entrando com recurso para derrubar o processo”.
Em conversa com o secretário o mesmo informou que devido ao processo não será possível realizar as festividades da virada de ano, e que enquanto não revogada a ação só será possível realizar a queima de fogos que será no alto do cruzeiro da cidade dia 31, e o mesmo aproveita para desejar feliz ano novo e que todos aproveitem o momento e a festividade para poder comemorar a virada de ano em suas casa com a família.
Foto: Arquivo A.N. – Edmar Gomes.

Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.