PROFESSOR É PRESO SUSPEITO DE ASSALTAR CORREIOS EM TAMANDARÉ

A Polícia Federal divulgou, nesta quinta-feira (21), as imagens do circuito interno de segurança da agência dos Correios de Tamandaré, na Mata Sul de Pernambuco, assaltada na manhã dessa quarta (20), e os detalhes do crime. A investida durou aproximadamente 11 minutos e teve a ação direta de dois suspeitos, entre eles, um professor do primário. 
A dupla foi presa por policiais civis e militares minutos após o recebimento da notícia de uma movimentação atípica na agência, por volta das 10h. Ao averiguar a denúncia, os policiais constataram a existência do assalto e capturaram Wellington de Oliveira Gomes, de 32 anos, morador da UR-5, no Ibura, Recife, que não tinha passagem pela polícia, e o professor Sandro Juarez Brasil Ramos, 31, morador do Ipsep, que já foi preso por porte ilegal de arma de fogo.
Durante a investida, Wellington de Oliveira entrou na agência se fazendo passar por cliente e sacou uma arma de fogo. Ele rendeu o vigilante, tomou sua arma e fez os clientes de refém, colocando-os deitados no chão do almoxarifado do imóvel. Em seguida, foi até o cofre com o gerente para pegar o dinheiro existente. No entanto, ao perceber que o dispositivo de retardo só abriria após 15 minutos, desistiu da ação e resolveu retirar todo o dinheiro que havia no guichê de atendimento, cerca de R$ 1 mil, depois começou a roubar o dinheiro e os pertencentes dos reféns. Por fim, ligou para o cúmplice, que estava fora da agência dando cobertura de dentro de um carro Celta, cor prata e placas KJU-6483, para que ele entrasse e recolhesse as CPU’s onde estavam armazenadas as imagens do circuito de segurança.
Apesar da tentativa quase bem sucedida, ao entrar na agência, os dois foram surpreendidos com a chegada dos policiais. A dupla foi encaminhada para a Delegacia de Tamandaré, onde foi autuada em flagrante por roubo com emprego de arma de fogo (pena de quatro a 10 anos), porte ilegal de arma de uso permitido (pena de dois a quatro anos) e, caso sejam condenados, poderão pegar penas que somadas podem chegar a 14 anos de reclusão. Eles foram levados para o Presídio Rorenildo da Rocha Leão, em Palmares.
Segurança
A agência não possui porta detectora de metais, possui vigilante, sistema de retardo no cofre e câmeras de circuito interno que estavam ligadas e registraram a ação dos suspeitos. Ao tomar conhecimento do fato, a Polícia Federal deslocou uma equipe de policiais (delegados, agentes, peritos e papiloscopista) para realizar as primeiras investigações, perícias e depoimentos dos envolvidos. O inquérito instaurado pela Polícia Civil será encaminhado para a Polícia Federal para prosseguimento e conclusão das investigações.
Além do dinheiro e do veículo, também foram apreendidos um revólver calibre 38 com seis munições intactas, três relógios e dois aparelhos celulares, mais uma pequena porção de um pó branco ainda não identificado.
Estatísticas
Este é o 42º assalto ocorrido em agências dos Correios somente este ano em Pernambuco. Com a prisão desta quadrilha de assaltantes, já foram presos 35 suspeitos, apreendidos 18 revólveres, cinco pistolas, sete veículos, quatro motos, 24 aparelhos celulares. Foram recuperados mais de R$ 150 mil.
Com informações da Polícia Federal
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.