MORADORES DE AMARAJI JÁ COMEÇAM A RECEBER NOVA CONTA DE ENERGIA

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) está modernizando o sistema de leitura, processamento e impressão da fatura de energia elétrica. O novo processo permite que a conta seja emitida imediatamente após a coleta do consumo. O projeto já está sendo implantado em Amaraji desde outubro, este mês mais bairros já estão recebendo as novas contas e a expectativa é que gradativamente toda a cidade seja coberta pelo novo sistema.
Na etapa inicial contemplou 353 mil clientes. A intenção da concessionária é avaliar cenários diversos de consumidores que permitam identificar eventuais situações de aprimoramento. As demais etapas irão obedecer a um cronograma previamente definido das localidades a serem atendidas. A implementação gradual abrangerá todo o estado até o primeiro trimestre do próximo ano.
A adoção do novo procedimento está acontecendo simultaneamente na Celpe e as demais distribuidoras do Grupo Neoenergia – Coelba (BA) e Cosern (RN). Foram investidos R$ 61 milhões na compra de equipamentos, capacitação dos profissionais envolvidos e implantação de todo o sistema nas três empresas. 
Na prática, o novo sistema permitirá uma única visita mensal ao cliente. “O procedimento assegura maior agilidade e transparência no processo de leitura e faturamento”, avalia o gerente de atendimento da Celpe, José Carlos Medeiros. A emissão da fatura no ato da leitura também minimizará ocorrências como extravios da conta de energia.
Para fazer a coleta do consumo do cliente, os leituristas irão utilizar uma espécie de palm, conhecidos como PDA (personal digital assistant). A tecnologia pode funcionar em modo instantâneo ou sem sinal, a depender do sinal de comunicação. “Os leituristas utilização um kit com coletor de dados e impressora térmica. O processo é simples, basta inserir a leitura mensal e o sistema fará o restante”, conclui. O papel é especial, com proteção contra água, que preserva os dados impressos. O novo formato da fatura mantém todas as informações contidas na conta anterior.
Os equipamentos serão rastreados 24 horas por dia. “Caso um leiturista seja assaltado, enviaremos um comando que inviabilizará o aparelho para revenda. Ainda assim, o próprio PDA irá enviar sinal para nosso servidor com a localização geográfica de onde se encontra”, revela José Carlos Medeiros.
De Edmar Gomes, com informações da Assessoria
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.